Inicio trabalhos

A área inicialmente se encontrava muito degradada, sem acesso para veículos e com muito lixo espalhado. Materiais ferrosos como arames velhos, portões de garagem, latas, assim como plásticos diversos resistiam no ambiente. Iniciamos nossos trabalhos abrindo 600m de estrada de acesso e coletando todo o lixo que se encontrava disperso. O lixo destinamos aos catadores que fazem uso do lixão do município como área de coleta de material para venda à empresas recicladoras via atravessadores. Removemos em torno de 10m3 de lixo. fora madeira velha e degradada que foi destinada à lenha. Aproximadamente 4000m de arame farpado foi doado para reuso.

Construção de estrada de acesso.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Aproximadamente 600 estacas foram resgatadas de cercas obsoletas que foram desarmadas para limpeza do ambiente. 250 destas estacas foram selecionadas para reuso por se encontrarem em estado de razoável à bom para novas cercas. Foram resgatados mourões enterrados no leito do rio assoreado. Muita madeira já não tinha mais finalidade de uso em construções em razão do estado avançado de deterioração. Foram reaproveitadas peças de madeira e telhas antigas para a construção de um espaço aberto para preparo de alimentos e descanso.

Construção da passagem molhada pelo Córrego Verde

Este slideshow necessita de JavaScript.

Construção de nosso primeiro espaço, cozinha externa, com reaproveitamento de material

Este slideshow necessita de JavaScript.

Relocação de cancela isnatalada anteriormente após ampliação do cercamento

 

Este slideshow necessita de JavaScript.