O projeto

O projeto Kaapora vem sendo desenvolvido desde 2016 por iniciativa da indígena Olinda Muniz Wanderley e seu esposo Samuel Wanderley na TI Caramuru Paraguaçu. O Kaapora é parte do esforço da comunidade indígena no sentido de restaurar sua terra ancestral, seu espírito protetor. O projeto visa inicialmente a implantação do piloto com transformação de área de pastagem, com superfície total de 27 hectares na TI Caramuru Paraguaçu, em zona de berçário e refúgio da vida silvestre via conservação de remanescente de mata com 2,5 hectares e conversão do restante em área reflorestada, SAF (sistema agro florestal) e outros usos sustentáveis, tais como apiário, meliponário e outros sistemas agroecológicos. A execução destas atividades servirá a pesquisa e desenvolvimento das mesmas para posterior aplicação em maior escala na TI Caramuru.

No dia 19 de abril de 2019, a Comunidade Indígena Pataxó Hãhãhãe decretou a criação da primeira Área de Proteção Ambiental indígena dentro da TI Caramuru, em terras onde está sendo executado o projeto Kaapora, delimitando 3,4ha para proteção sob legislação da própria comunidade. A Área de Proteção foi denominada APA Kaapora. Atualmente a APA Kaapora abrange a totalidade dos 27ha da área do projeto.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O projeto Kaapora atua também na educação ambiental, e colabora com a escola indígena tendo o espaço destinado para finalidades educacionais, como também em outros âmbitos da comunidade Pataxó Hãhãhãe. O projeto visa o resgate dos valores ancestrais de ligação com a Terra, e com os entes espirituais que nela habitam. Para tanto, no transcorrer do projeto, será criada a escola de formação agroecológica e de agentes socio-ambientais, e centro de cultura espiritual indígena, para o apoio as práticas magico-religiosas indígenas, como a pajelança, os curadores, e as demais práticas que costuma-se chamar de Xamanismo. Por conta da face cultural indígena do projeto Kaapora, damos especial atenção ao cultivo e conservação das plantas da cultura Pataxó Hãhãhãe, como as alimentares, as úteis em artesanato, e principalmente as de uso ritualístico e medicinal.

O Kaapora é a entidade que nos acompanha ajudando em nossos trabalhos, cuidando da Terra, dos animais e das plantas que são nossas parceiras, protetoras e amigas.