Visitação

O Projeto Kaapora exerce atividade de educação ambiental e valorização da cultura indígena, e, para tanto, proporciona a oportunidade de visitantes conhecerem o projeto e a área sob sua influência. Possuímos Sistema Agroflorestal em andamento, criação de abelhas africanizadas e abelhas indígenas (ASF – Abelhas Sem Ferrão), área em processo de Recuperação de Área Degradada e fragmento de Mata Atlântica onde estão sendo abertas trilhas para visitantes.

Você pode solicitar visita na área, contudo, temos algumas regras necessárias para seguir.

1 – Sendo Área de Proteção Ambiental, não é permitido interferência com a vida silvestre, inclusive uso de aparelhos sonoros, sendo vedado o uso de rádios de qualquer natureza. Você pode usar Headphones, caso opte por uma visita sob sua trilha sonora preferida, mas recomendamos aproveitar a visita para sentir os sons da natureza.

2 – Você pode fotografar as áreas naturais, fazer suas selfies, contudo, nas áreas de cultivo tradicionais ou de ervas medicinais tradicionais, necessita pedir permissão, assim como quando for fotografar alguém da comunidade indígena ou ritual que esteja ocorrendo no roteiro de visita.

3 – Em nenhuma hipótese pode ser removido material biológico da área, plantas, animais, fungos, sem autorização especifica para esta finalidade.

4 – Não será permitida nenhuma atividade jornalística, de pesquisa, ou outra que não seja de visitação, sem a autorização anterior para este fim.

5 – Você só poderá deixar suas pegadas, o lixo deverá ser levado de volta, ou depositado nas lixeiras do projeto que sejam disponibilizadas para este fim.

6 – É proibido expressamente o porte de armas, incluindo para os policiais que forem visitar, e qualquer pessoa portando arma será impedida de entrar na área, já que não possuímos meios para guarda segura de armas de fogo.

7 – Não leve sua cervejinha, nem vá alcoolizado ou sob efeito de qualquer outra droga psicoativa. A área é natural e rural, oferece riscos inerentes às áreas naturais, como picadas de insetos, piso irregular para caminhadas etc, e o visitante poderá se acidentar se não estiver em suas condições normais de consciência. Ademais, é terminantemente proibido adentrar em Terra Indígena portando bebida alcoólica ou drogas ilícitas. Aproveite a paisagem e curta a natureza, as palestras sobre preservação ambiental.

8 – Em caso de atividade ritualística tradicional fazer parte da visitação, você poderá optar por experimentar comidas tradicionais, bebidas tradicionais como o cauim, porém, deverá, caso consuma comidas ou bebidas indígenas, assumir o risco de ingerir alimentos e bebidas que não são de seu costume, o que pode acarretar distúrbios gastrointestinais. Algumas bebidas tradicionais dos povos indígenas são fermentadas, portanto, possuem álcool em sua composição, assim como algumas bebidas rituais são destinadas à processos do universo mágico-religioso dos povos indígenas e podem provocar modificação da percepção, incluindo sua medicina sagrada, não faça ingestão se tiver dúvidas, mesmo se oferecidas por alguém da comunidade indígena.

9 – A visitação às áreas do projeto são gratuitas, e você não irá pagar por ir como visitante. Porém, a visitação não obriga o Projeto Kaapora, ou qualquer outra instituição ou pessoa física, à prestação de serviços ou fornecimento de produtos. Se informe à respeito do que necessita levar consigo, tal como se será necessário levar água mineral, alimentos etc.

10 – Nos casos em que forem acordadas prestações de serviço, tal como fornecimento de água, apresentação de toré, as contratações deverão ser tratadas diretamente com o contratante, não responsabilizando o Projeto Kaapora ou qualquer instituição ou pessoa física, mesmo à quem autorizou a visita.

11 – A aquisição de artefatos indígenas (produto de artesanato), é facultativa, caso tenha algum indígena oferecendo no momento da visita, ou deixado no projeto para venda.

12 – Você poderá contribuir com o projeto, inclusive financeiramente, se assim o desejar, porém, nenhuma contribuição poderá ser entendida como “ingresso”, mas como doação, mesmo se o visitante optar por fazer em dinheiro no momento da visita. Estas só poderão ser aceitas como doação ao Projeto Kaapora, contabilizada e destinada para o projeto, de modo que, nestes casos, a pessoa deverá informar nome completo e CPF, e assinar termo de doação, a depender do valor.

13 – Não é permitido o proselitismo religioso na área. Apenas aos indígenas se permite a realização de seus rituais tradicionais.

14 –  Não leve seu animal doméstico. Sabemos que seu cachorrinho é seu filho, mas animais domésticos podem perturbar a fauna nativa até mesmo com os cheiros que deixam nos caminhos para os marcar, por isso não podemos permitir a visitação deles.

15 – A entrada na área sem acompanhamento de um responsável é absolutamente proibida, mesmo que já dada a autorização de visitação.

16 – Você deverá assinar um Termo de Responsabilidade Individual para Visitação, disponível para leitura prévia: TERMO DE RESPONSABILIDADE INDIVIDUAL. Leia antes de se dirigir à área. Também será solicitada sua assinatura no livro de visita.

17 – Menores só poderão visitar a área acompanhados pelos pais ou responsáveis, que pode ser o professor de uma turma escolar, no caso de visita de turmas escolares. Para turmas escolares será disponibilizado outro termo de responsabilidade, para evitar que os alunos, ou responsáveis, tenham que assinar cada um em um Termo separado.

Solicite sua visita: formulário de contato ou pelo telefone (73)98244-7142 whatsapp-logo-icone, pelo qual conversará com Olinda Yawar, coordenadora e responsável pelo Projeto Kaapora e APA Kaapora.

Será um prazer receber sua visita para passeio ecológico, para que você venha conhecer nosso projeto, para ouvir nossas palestras e bater um papo, ou simplesmente para usufruir da área lendo um livro.